Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lately

Histórias, opiniões, desabafos, receitas...

Lately

Histórias, opiniões, desabafos, receitas...


Miguel Mósca Nunes

20.09.23

Curso-de-treinador-de-futebol-GI.jpg

O treinador tem obrigações de ética fundamentais, e deve ser um verdadeiro líder, no sentido de inspirar e de estimular todos aqueles para quem é um exemplo.

Neste seguimento, e como bom exemplo que deve ser, tem de possuir a inteligência necessária para acolher, proteger, ajudar, acalmar e apaziguar, integrar e gerar o sentimento de pertença em todos aqueles que tutoria e treina. Deve, sobretudo, escutar e observar. E isto, meus caros, não é para todos!

Aliás, tenho verificado, e não com muito espanto ou surpresa (porque já vi e observei muita gente ao longo dos meus 52 anos), que é para muito poucos.

Um treinador não despreza o esforço hercúleo dos seus atletas e não ignora os seus pedidos de ajuda. Não os discrimina, dando-lhes iguais oportunidades para desenvolverem as suas capacidades. Não é rancoroso. Não desiste dos seus atletas. Leva-os ao limite, provando-lhes que podem sempre fazer um esforço extra e ir mais além. Acredita. Olha para eles como se fossem seus filhos. 

Deve promover o convívio, a camaradagem e a união da equipa.

Lamentávelmente, nos últimos anos, não encontrei ninguém a quem pudesse reconhecer as capacidades e virtudes de um grande treinador.


Miguel Mósca Nunes

14.08.23

IMG_20230813_153422_040.jpg

Quando quem ocupa um lugar tão importante como o de um mentor, líder, treinador, orientador, não tem qualquer talento para esse efeito, olhando para o outro com os óculos limitados da sua pequenina existência, não há muito a fazer.

Quando não consegue ver o nosso esforço, não vale a pena, significa que é um incapaz, e quem é medíocre nunca conseguirá ver grandeza nos outros.

A melhor estratégia, nestes casos, é o afastamento.

A grande lição que fica é a de sabermos que representa tudo o que não queremos para a nossa vida.

Este caminho é feito, na maior parte das vezes, de evidências pouco óbvias, que é importante interpretar e não deixar escapar. As críticas destrutivas, os acessos de raiva, os gritos, dizem-nos mais sobre o emissor do que sobre o receptor. A sabedoria consiste em aproveitar a oportunidade de nos avaliarmos, de avaliar a medida em que o que é dito se nos aplica, sem que isso signifique a destruição dos nossos sonhos e o baixar de braços.

Porque não há outra maneira de saber se teremos sucesso que a de seguir em frente, evoluir e lutar!

Até esgotarmos todas as nossas hipóteses!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub